quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Projeto Informática na Educação

Projeto

ESCOLA MUNICIPAL SENADOR LÚCIO BITTENCOURT


Apresentação

É preciso evoluir para se progredir, a aplicação da informática desenvolve os assuntos com metodologia alternativa, o que muitas vezes auxilia o processo de aprendizagem. O papel então dos professores não é apenas o de transmitir informações, é o de faci1itador, mediador da construção do conhecimento. O computador passa a ser o "aliado" do professor na aprendizagem, propiciando transformações no ambiente de aprender e questionando as formas de ensinar. A informática então, a serviço de um projeto educacional, propicia condições aos alunos de trabalharem a partir de temas, projetos ou atividades extracurriculares. O computador é apenas e tão somente um meio onde desenvolvemos inteligência, flexibilidade, criatividade e inteligências mais críticas.  Se a educação se esgotar no processo de transmissão dos conhecimentos e dos valores criados por gerações passadas sem a elaboração de conhecimentos novos, sem questionamento de valores, sem inventividade e inovação, não teremos evolução cultural, social, tecnológica e educacional. Deixará de haver progresso e estaremos estagnando ou retrocedendo. Portanto, a informática quando adotada nas escolas deve se integrar ao ambiente e à realidade dos alunos, não só como ferramenta, mas como recurso interdisciplinar, constituindo-se também em alguma coisa a mais com que o professor possa contar para bem realizar o seu trabalho, desenvolvendo com os alunos atividades, projetos e questionamento. Como toda tecnologia, a introdução dos computadores na educação apresenta aspectos positivos e negativos. Para que uma instituição escolar introduza a informática, é preciso ter em primeiro lugar um plano pedagógico, onde serão discutidos os objetivos de sua utilização como ferramenta educativa e a escolha do software educativo que possa ser usado para ajudar a atingir mais fácil e eficientemente os objetivos educacionais, não deixando, portanto, que o computador se torne um brinquedo.  A escola precisa de professores capacitados e disponibilizados a encarar esse novo ícone que é a informática educativa sem medo de que algum dia seja substituído por computadores. É preciso então que haja uma integração entre o meio escolar e o corpo docente, desenvolvendo assim a sociabilidade dos alunos e a familiaridade dos professores com o mundo da tecnologia.  Porém, a introdução de computadores nas escolas é, nem virá a ser, uma solução para os problemas que afligem a educação. O computador não é um "bicho de sete-cabeças" e não salvará o ensino. Ele pode educar, mas também deseducar dependendo da maneira como será utilizado. Ele não substitui a inteligência e a criatividade que são inerentes ao ser humanos, apenas às desenvolve. O Presente Projeto  vem viabilizar o uso das novas tecnologías  e o uso de computadores ligados a Internet utilizando a metodología de projetos na aprendizagem dos alunos no ensino fundamental. É considerado de  grande relevância. Os  alunos  usa o computador e a Internet  e fazem  a construção coletiva de conhecimento. Os alunos do 4º e 5º ano  do ensino fundamental   participantes do projeto  onde, muitos destes alunos  vivenciam o uso do computador no seu cotidiano.  Durante os trabalhos a função mediadora do professor é de  fundamental importância na busca da leitura e atividades a serem desenvolvidas. Trabalhar com as novas tecnologías há uma  cumplicidade e o desejo de mudar a forma de ensinar e aprender com o uso dos computadores ligadosou não a  internet, criando um ambiente de inclusão digital dentro da escola. Sabemos que a  escola, o quadro , o giz  e professor já não são as principais fonte de informações  para que alunos constroem seus conhecimentos significativos. As novas tecnologiascom Internet, data show, not book, são instrumentos de aprendizagem  mediadas pelo professor. As  mudanzas nos paradigmas atuais de ensino quando interagem professores e alunos na busca de informações para construção coletiva de novos significados. Hoje, no contexto do uso de novas tecnologias aplicadas ao aprendizado, o professor e os alunos podem desenvolver habilidades e competências para construção de uma sociedade diferente na qual fazemos parte.

Introdução

O acesso a novas tecnologias e mídias como forma de potencializar e integrar as diversas formas de expressões culturais e a possibilidade de Crianças e adolescentes com consciência crítica, exercendo um papel ativo na sociedade, com voz e vez para atuarem e contribuírem em prol do bem coletivo. Os alunos do 4º e 5º ano  do ensino fundamental   participantes do projeto, correlacionam a  temática do livro de Ruth Rocha, e as novas tecnologias voltada ao relacionamento entre os membros do time de futebol, através de um questionário simples de interpretação do mesmo, que pode ser utilizado com a turma após a leitura e debate das idéias centrais do livro. Caloca, um menino birrento, de muitos brinquedos e poucos amigos, é o dono da bola. Por isso, todo o time fica em suas mãos. Se por algum motivo ele se zanga, já sabe: "A bola é minha!" E lá se vai a bola! Pertinho do campeonato do bairro, quando o time mais precisava da bola e Carlos Alberto age da mesma maneira egoísta, o time decide dar-lhe uma lição. Texto interessante, que ajuda a refletir sobre a importância do partilhar, da amizade e respeito aos companheiros.

Justificativa

 A escola ao introduzir o computador como um meio de aprendizagem não deve deixar que este se torne um artigo de luxo, criando assim adultos egoístas e anti-sociais. Ela deve buscar neste, um meio de desenvolver cidadãos mais críticos, sociais e independentes, repensando assim o seu papel frente a novas tecnologias. Assim o objetivo geral do projeto é integrar o tema trabalhado com o uso das novas tecnologias. Entender o binômio "Computador e Educação", é ter em vista o fato de que o computador se tornou um instrumento, um ferramenta para aprendizagem, desenvolvendo habilidades intelectuais e cognitivas, levando o indivíduo ao desabrochar das suas potencialidades, de sua criatividade, de sua inventividade. Essa nova tecnologia tornou-se um importante meio   de estudo , pesquisa ,atividaes de leitura ,digitação dentre outras atividades em que o professor possa utilizar no dia a dia em seu trabalho. Os alunos ao utilizarem o computador entram em um ambiente multidisciplinar e interdisciplinar, ou seja, ao invés de apenas receberem informações, os alunos também constroem conhecimentos, formando assim um processo onde o professor educa o aluno e ao educar é, transformado através do diálogo com os alunos. Atualmente a Internet alterou a comunicação no mundo. Está cada vez mais ao nosso redor, influenciando em nossa vida nos aspectos: político, econômico, lazer, investigação, comércio e serviços on line, educação, enfim, nas mais diversas áreas de nossa sociedade. Existem vários serviços de busca de informações, a mais importante é a World Wide Web (WWW) e a Internet é a mais utilizada. A WWW é um sistema de gestão de informação baseado em hipertexto, numa linguagem chamada (HTML) e utilizando um protocolo especifico (HTTP), oferecendo informações sobre diversos temas para busca e compartilhamento nele contido. Na educação, a internet abriu um leque didático, possibilitando buscar as informações contidas em bibliotecas, universidades, livrarias, pesquisadores de renomadas instituições dos mais variados cantos do mundo. E nesta perspectiva o uso das novas tecnologias e o trabalho com o livro da autora Ruth Rocha  vem viabilizar os anceios dos alunos em torno ao uso dos computadores e da leitura  literária.



Objetivos

-   Aplicar a informática desenvolvendo os assuntos com metodologia alternativa, o que muitas vezes auxilia o processo de aprendizagem.
- Desenvolver a produção de textos em linguagem escrita por meio da leitura 
-  Levar o aluno a entender o binômio "Computador e Educação", como uma ferramenta para aprendizagem, desenvolvendo habilidades intelectuais e cognitivas, levando o indivíduo ao desabrochar das suas potencialidades, de sua criatividade, de sua inventividade.
-  Levar o aluno a ler
- Recuperar os principais elementos da narrativa com base na linguagem que se usa para escrever.
- Introduzir o computador como um meio de aprendizagem
- Viabilizar ao alunos  o uso das novas tecnologías  e o uso de computadores ligados a Internet utilizando a metodología de projetos na aprendizagem  no ensino fundamental.
-  Contribuir para que o aluno o objetivos de sua utilização das novas tecnologias como ferramenta educativa e a escolha do software educativo que possa ser usado para ajudar a atingir mais fácil e eficientemente os objetivos educacionais, não deixando portanto, que o computador se torne um brinquedo.
- Considerar a informática quando adotada nas escolas deve se integrar ao ambiente e à realidade dos alunos, não só como ferramenta, mas como recurso interdisciplinar,desenvolvendo com os alunos atividades, projetos e questionamento.
- Fazer a inclusão no laboratório de informática, no programa PowerPoint, deixando que os alunos leiam mais uma vez o Texto. “ O dono da Bola”




Conteúdo


Leitura
• Produção de textos orais com base no texto explorado
Desenho

 Clientela atendida

4º e 5º.



Tempo estimado 

4 aulas.


Desenvolvimento


• 1ª etapa

Apresentar aos alunos a história “ O dono da Bola”
Via internet ler imprimir a biografia da autora

• 2ª etapa
No laboratório de informática, no programa PowerPoint, deixar que os alunos leiam mais uma vez o Texto. “ O dono da Bola”

Comentar  oralmente

• 3ª etapa
Abrir o e-mail  e responder as perguntas relacionadas ao Texto.

• 4ª etapa
 
Solicitar que ao alunos criem um   produção do texto Com base na lição que tiraram sobre o texto.

• 5ª Etapa
Apresente o texto produzido pelos alunos em roda.


• 6ª etapa
Iustração do texto no Tux Paint
Construíram um diário de Caloca

• 7ª etapa
Discuta com todos as ilustrações que farão parte de cada história e digite os textos, deixando espaços para elas. Garanta uma cópia para cada um.




Parcerias do Projeto


Recursos Humanos
Professor de informática e Educação Religiosa


Material Didático

 Internet,
Data show,
Not book,
Computadores


Avaliação

O que importa não é a memorização, mas a produção do texto, recuperando os principais acontecimentos da narrativa, pautada por elementos da linguagem escrita. Nas escolas nos deparamos na maioria das vezes com atividades que exigem muita criatividade e para isso é preciso ter coragem de enfrentar novos desafios e, principalmente, não ter medo de errar. Ser criativo depende, antes de tudo, de autoconfiança e confiança no outro. Isso foi realizado na decorrência deste   projetos. Aprender por projetos é uma forma inovadora de romper com as tradições educacionais, dando um formato mais ágil e participativo ao trabalho de professores e educadores. O projeto O Dono da Bola trata-se de  uma estratégia fundamental de aprendizagem, sendo um modo de ver o ser humano construir, aprendendo pela experimentação ativa do mundo e através do uso das novas tecnologias. O professor ao conduzir estas atividades junto a seus alunos  propôs um conjunto de interrogações, quer sobre si mesmos, quer sobre o mundo à sua volta, levando o aluno a interagir com o desconhecido ou com novas situações, buscando soluções para os problemas oriundo na literatura apontado no livro O Dono da Bola . O aluno realizou seus trabalhos, tornando-se um "grande pesquisador", indagando, investigando e levantando hipóteses para solução de seus problemas conotado na história.  No trabalho que realizamos com as crianças do ensino fundamental, cada turma desenvolveu os trabalhos, buscando conhecimentos, descobrindo novas formas de transmiti-los e preparando o exercício da cidadania. Este trabalho realizado no ambiente computacional.        Os trabalhos desenvolvidos e   realizados  pode observar a criatividade e o fluir da imaginação dos educandários do  4º e  5ºano. O dono da bola, atividades na  qual as crianças fazem um trabalho voltado para a literatura infantil. Neste projeto podemos observar as  imagens e a escrita por parte do aluno.  Em primeiro lugar, foi apresentado para os alunos um slaids das páginas do livro O dono da bola.        Em segundo lugar,foi contado a história utilizando o not book e o data show.      Constada a história, os alunos partiram para a interpretação.As crianças contribuíram com as respostas das questões feitas pelo professor. Dialogamos com os alunos para verificar suas hipóteses sobre como seria   a reação do personagem principal  desenvolvendo assim a sua imaginação. O  próximo trabalho, os alunos responderiam o questionário via internet e e-mail. Finalizando o trabalho, os alunos construíram um diário de Caloca e por via internet imprimir e ler a biografia da autora e ilustrando o  texto no Tux Paint .  Durante as aulas observamos a expansão da criatividade e da imaginação das crianças. Isso se manifestou através do interesse, da participação, da cooperação e da motivação dos alunos na realização das atividades propostas.



 Conclusão do Projeto

 Conclui e que o uso do computador, mesmo as tarefas mais simples, como desenhar na tela, escrever um texto e até mesmo realizar tarefas propostas neste projeto  são suficientemente ricas e complexas, permitindo o desenvolvimento de uma série de habilidades que ajudam na solução de problemas, levando o aluno a aprender através de seus erros. Isto contribuirá para o desenvolvimento de sua autoconfiança, ou seja, dar a capacidade da criança viver em uma sociedade cada vez mais permeada pela tecnologia, crescendo com o sentido que são elas que devem controlar as máquinas e não o inverso.
Este  projeto  da a  possibilidade de ruptura por se colocarem como espaço corajoso, onde é possível relacionar uma matéria com a outra, facilitando a atividade, a ação, a participação do aluno no seu processo de produzir fatos sociais, de trocar informações, enfim, de construção de conhecimento.   O propósito de se trabalhar com esse projetos é de romper as limitações, muito delas auto-impostas, do cotidiano, convidando os alunos à reflexão sobre questões importantes da vida real, da sociedade em que vivem, propiciando a solidariedade, criação e cooperação. Isto foi observado nos trabalhos realizados pela turma da 5º ano, no qual os alunos foram desafiados a trabalhar com o livro de Ruth Rocha  através da leitura, interpretação, imaginação e da criatividade, buscando assim soluções para seus problemas.  Isso implica também a participação dos professores colaboradores.  Que no entanto deixará de entregar as informações e passará a ser o facilitador, o mediador dos alunos no processo de construção e resolução de problemas, incentivando a reflexão e a crítica, permitindo que estes identifiquem os próprios problemas.

Projeto feito pela minha colega de trabalho e amiga Luciene.













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário